top of page
Buscar
  • enfoquesse

Expectativa e a Felicidade

Dê mais atenção aos seus momentos de prazer e propósito e tenha menos expectativas.



Qual é o seu mágico jardim da neve?


"A felicidade é igual ou maior do que a diferença entre os acontecimentos da nossa vida e as expectativas que temos" Mo Gawdat

Expectativa: condição de quem espera que algo aconteça

Felicidade: vivências de experiências de prazer e propósito

Essa ilustração é a capa de um dos livros das minhas filhas. Cada vez que olho essa imagem, relaciono às expectativas que muitos têm em relação à sua vida feliz.

Quando eu comprar o carro dos sonhos, quando comprar a casa desejada, quando fizer a viagem à Europa, quando meu filho tiver 10, 20, 30 anos e for independente, quando eu morar em algum lugar específico... ou até mesmo, quando ganhar na loteria.

Seja qual for sua expectativa em relação à sua felicidade, é importante ter consciência de que expectativas sobre a felicidade no futuro, condicionada a algo, faz o ser humano aceitar a troca de ser infeliz hoje para, em um dia talvez, quem sabe, viver no estado de felicidade plena.

“A felicidade é igual ou maior do que a diferença entre os acontecimentos da nossa vida e as expectativas que temos”. Mo Gawdat

Pense em quantas horas infelizes vividas e avalie se a balança será justa. Na verdade, é impossível até mesmo pesar, pois você só terá o lado da infelicidade pesando. O lado da felicidade ainda não tem peso, ainda não ocorreu.

Como diz Paul Dolan no livro Felicidade Construída:

“Você deve acreditar em suas experiências mais do que em suas projeções e mais do que em suas crenças”.

Eu te afirmo: Você já vive momentos de prazer e propósito, mas não está lhes dando a devida atenção, pois está muito focado na felicidade que terá quando suas expectativas forem supridas.

Portanto, acredite, sua felicidade já ocorre. Mas não da forma como muitos imaginam... como o jardim mágico do livro das minhas filhas em que tudo pleno e alegre. Ela ocorre em pequenos momentos do seu dia a dia.

Você ainda não tem o carro dos sonhos, não tem nem um carro, mas troca conversas fantásticas com seu colega diário de ônibus. Nossa... quantas dessas conversas já tive no trajeto que fazia de 1h de casa até meu trabalho. E quanto às histórias para contar? Quantas vezes perdi meu ponto de ônibus, porque dormi e fui parar na estação final. Até hoje dou risadas sozinha lembrando disso. A felicidade de comprar meu primeiro carrinho de 10ª mão nem se compara à de comprar o carro dos meus sonhos, que recentemente puder realizar (minha exigência não era muito alta nesse quesito, na verdade).

E a casa? Já parou para pensar que na casa dos sonhos, enorme, mas talvez a família se afaste mais. Aproveite o aconchego de estarem próximos. E, enquanto não for à Europa, por que não disfrutar de um passeio cultural pela sua cidade que ficará eternamente na memória dos seus filhos?

Não se esqueça de que quando seus filhos forem independentes, acabarão os cherinhos gostosos no cangote, aquele jeitinho de falar mãããeee... paaaaiiii... que só eles têm. Aquele beijo com eu te amo tão espontâneos. Aquele bafinho ao acordar que é o mais cheiroso da existência.

Se esses não são momentos de prazeres e propósitos, não conheço a felicidade!

Ao prestar atenção às suas experiências de prazer e propósito, é possível perceber que a felicidade é algo do qual você pode usufruir no aqui e no agora.

Te convido, no dia de hoje, a, em vez de pensar no seu jardim mágico lá do futuro, o que quer que isso represente para você, dar atenção aos seus momentos de prazer e propósito.

Seja feliz!


enFOQUE-se! Sempre é Tempo!

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page